• Natanael Leitão

Aditivos zootécnicos e o futuro da nutrição animal

O uso dos aditivos apropriados melhoram a saúde, produtividade e bem estar dos animais, todavia é necessário uma escolha criteriosa para não onerar os custos de produção




Desafios do produtor


A grande preocupação do século XXI é o desenvolvimento sustentável. Reduzir os danos do homem ao meio ambiente, reduzir o uso de antibióticos e agrotóxicos na produção de alimentos, promover bem estar dos animais e ser ecologicamente sustentável é o grande anseio dos consumidores e um enorme desafio aos produtores rurais. Ferramentas de biotecnologia surgem como alternativas aos métodos tradicionais e entregam alta produtividade com sustentabilidade aos produtores, esse é o caso de alguns aditivos, como os probióticos.


Probióticos são suplementos alimentares constituídos por microrganismos vivos, alguns deles isolados do sistema digestivo dos melhores animais ao redor do mundo. Após crescimento em laboratório, os microrganismos são desidratados em um processo denominado liofilização e entram em latência, um estado em que eles permanecem vivos, mas metabolicamente inativos. Ao ser administrado aos animais misturados à dieta, esses microrganismos retornam ao seu ambiente natural e tornam-se ativos novamente, promovendo diversos benefícios à sua saúde e produtividade.


Como funcionam os probióticos?

Os probióticos agem sobre o princípio da competição. Em um ecossistema natural, os seres vivos estão em equilíbrio entre os produtores de energia e consumidores, e todos se relacionam. Caso ocorra um desequilíbrio, como o crescimento exagerado de uma das populações, todo o ecossistema fica comprometido e um novo equilíbrio precisa ser reestabelecido. O sistema digestivo dos animais funciona da mesma maneira, caso uma população de microrganismos cresça desordenadamente, podem surgir doenças nos animais, disbioses, disenterias, redução da ingestão de matéria orgânica e perda de produtividade, um verdadeiro pesadelo aos produtores rurais. Aditivos como os probióticos são capazes de restabelecer esse equilíbrio de maneira natural e sustentável.


Como escolher o aditivo ideal?​

Comprar qualquer produto confiando apenas na indicação do vendedor já pode ser considerado um do maiores erros dos produtores rurais. Cada sistema tem necessidades específicas relacionadas à saúde, desempenho e bem-estar do plantel, e comprar produto por indicação ou porque está funcionando na propriedade do produtor que é seu amigo pode piorar os problemas que já incomodam e ainda aumentar as despesas.


Hoje, as startups de biotecnologia são capazes de gerar recomendações personalizadas para cada plantel, analisando dados de desempenho e amostras de fezes através do estudo de microbiota, garantindo que as necessidades específicas dos animais sejam atendidas a cada ciclo de criação e os resultados gerem um aumento no rendimento da propriedade.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo